quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Escapadinha

Só para informar, que foi decidido, assim "muito de repente", ir passar 3 dias à Tunísia... Já temos táxi, hotel está mais difícil...

A casa das mulas

Podia muito bem ser o nome de um estabelecimento de diversão nocturna, daqueles que (supostamente) neste país não existem, mas não.

Esta era a placa que estava à entrada do estaleiro; os hieróglifos da foto querem dizer mais ou menos isto:
"Recolha de gado
Wilaya de Constantine"

Agora sim, dá para entender alguns risinhos desta malta...

Moral da história: aprender a escrever árabe!

Eles dizem que é fácil...o português é que é muito difícil :)

Cat Power





Yeah, baby!!!

Trabalho feito!

It's a boy!!!!!!!!!!

É a bomba do dia!

A dona acabou de sair de uma ecografia, e já se sabe: é um gajito!!!

Wiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Legal Alien

Finalmente chegou o meu atestado de residência.

Fiquei a saber como se escreve o meu nome completo em árabe (as 2 linhas por baixo da foto) e que até 13 de Setembro de 2011, não tenho mais com que me preocupar com vistos e afins.

O resto, não deve ser importante ;)

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

iMula


Não vou voltar a falar dos feitos informáticos dos meus colegas, mas sim do que ando a fazer.

Quando decidi andar nas obras, foi sobretudo por causa de uma ideia muito infantil de não querer ficar fechado em gabinetes. Na altura, nem me passou pela cabeça, que as obras se faziam nos sítios onde faziam falta (mal eu sabia que havia um país chamado Argélia que tinha montes delas por fazer), muito menos que ia andar pelos sítios onde ando.

Nestes últimos dias, calhou-me um brinde: demolir um estábulo de mulas!

Num país de malcheirosos, podem bem adivinhar o aprumo com que este estábulo era mantido. Imaginem o cheiro de um curral em Portugal, e transponham esse odor para a Argélia...

Como o conceito de dar manutenção às coisas, se foi junto com os Franceses e os aspiradores, este barraco não via organização e limpeza deve de ir para uns 50 anos...

Ratos, cobras, pó de palha, cheirinho a merdum que se entranha, argelinos podia ser o suficiente; mas não. Faltam ainda as telhas de fibrocimento, e a minha "guerra" diária com máscaras e luvas. Aparentemente o Álá deve ter-lhes dito que eram imunes ao cancro.

Um bem-haja ainda, para o abelhão que me picou o pescoço, e que me faz parecer um mutante...

UAU!!!

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Horário de Inverno

No Domingo passado, lá mudou a hora em Portugal, e na grande maioria dos países normais.

Pela Argélia, é óbvio que não mudou.

Tenho ideia que há duas coisas que nunca vão funcionar na Argélia: horários de Verão/Inverno e PIN's nos cartões dos telemoveis.

Se mudasse a hora neste país, era coisa para estes lerdos andarem fora de horas durante uns 2 ou 3 meses.

Já com os telemóveis...imaginem os cenários das lojas de teleles em Portugal. Agora juntem a isso umas dezenas de gajos malcheirosos, que falam aos berros. Adicionar um pouco da incopetência normal destas lojas, e temos um cocktail porreiro....para quem gostar de ver briga todos os dias

domingo, 25 de outubro de 2009

Mau aspecto


Parece que hoje, o meu "sex-appeal" anda pelas ruas da amargura...não era coisa para me apoquentar muito, mas foi dito por um argelino...

Sim, isto foi dito por um gajo que só vê água quando chove e cujos dentes da frente há muito que fazem parte do imaginário, é mesmo para assustar...

sábado, 24 de outubro de 2009

RDPA


RDPA são as iniciais de República Democrática e Popular da Argélia; tirando a parte de achar estranha esta democracia popular, nós por cá já a rebaptizámos, mas na língua francesa.

RDPA para os tugas, é "Republique Democratique e Parabolique d'Algerie", pois a paisagem da foto é o espelho do país...

As casas, "favela style" por acabar nos morros, corroboram ainda mais a minha teoria, que a Argélia é o Brasil de África. (Ok façam um photoshop e desapareçam com a mesquita)

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Ouch!!!


Bem simpático este meu novo horário...

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Jurisprudência "à la carte"

Ultimamente, tenho ouvido falar de umas leis que desconhecia por completo; trata-se de interpretações de leis que não existem, feitas pelo típico encarregado de obra.

Ora veja-se:

- Uso de capacete: segundo um artista, ele conhece uma lei que diz que "se não houver gruas, não é preciso capacete";

- Phones enquanto se opera uma retro-escavadora: pode-se ouvir música, desde que seja só com um auscultador; se no entanto forem phones de telemóvel, pode-se usar os 2 para receber uma chamada;

- Até aos 2 metros de altura, parece que também há uma lei que diz que não são necessários guarda-corpos, pois as ninguém cai de uma altura de 2 metros...

Entre outras pérolas....

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Em brasa...

Depois de inúmeras trocas e baldrocas, confusões e stresses, lá parei numa obra, desta vez a 100%; acabou-se o "turismo" pela Argélia. Pessoalmente não me chateia nada, pois prefiro estar só num sítio e fazer um trabalho, do que andar por todo o lado e fazer meios-trabalhos.

Porreiro, porreiro era se a obra não estivesse parada...ok parada não está, mas está quase.

Como sofro do mal de não gostar de trabalhar sem um bocadinho de pressão, tenho-me limitado a cumprir apenas os chamados "mínimos olímpicos", já a situação da obra a isso obriga.

Entretanto isto mexe mais um bocadinho, e começa a ver-se a limitação de alguns que por cá andam; se o estado Argelino nos dá uma obra de 150 M€, é por que à partida não tem confiança nos de cá, logo é preciso trazer gente de fora. Com esta lógica de merceeiro, dá para entender que deveríamos trazer profissionais melhores do que os por cá andam.

É tramado quando esta lógica se inverte, e temos de discutir com um português, que se porta pior que os argelinos.

Os últimos 3 dias têm sido de nervos à flor da pele, muito palavrão e alguns encostos de cabeça; de tal forma que pela primeira vez, na vida de trabalho nesta área, me vi obrigado a fazer queixinhas; como a chefia é muito sensível às questões da minha área, penso que nos gabinetes se está a preparar a "Operação Folha", e muito provavelmente alguém vai de vela...e não sou eu...

Tenho pena, mas não ponho o meu "traseiro na janela" pelos outros...principalmente quando não merecem...

domingo, 18 de outubro de 2009

Estranhos filtros

Estes que a Algerie Telecom aqui tem na net; desde a semana passada que não temos acesso a webmail's; no entanto as páginas de cobóiada continuam a funcionar...

Gostam pouco, gostam...

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

De volta

Não contando com a falha meridional (estou no este da Argélia), muito, muito perto do cú do mundo...

Agora é alombar até dia 23 de Dezembro, não custa nada...ya right...

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Mensagem nº100

Exmos 2 ou 3 leitores deste blog,

Serve a presente mensagem, mais precisamente a centésima, para informar Vas. Exas. que durante os próximos dias, irei dar um valente chuto no traseiro na Argélia.

Este estabelecimento comercial, irá estar arredado de paragens não-normais até ao próximo dia 10, data à qual, o Inferno me chamará de volta.

Com os melhores cumprimentos,

Au revoir, Argélia!!!