domingo, 18 de setembro de 2011

Os 5 tabus

Quando acertei a minha vinda para a Argélia, e depois de investigar um pouco pela net sobre o que era a realidade do país, decidi que para o meu bem-estar havia 5 tabus. 5 coisas que não poderia/devia fazer durante a minha estada nestes lados.

Assim, defini os seguintes assuntos, como interditos:

1 - Ir a barbeiro/cabeleireiro;
2 - Ir ao dentista;
3 - Não partilhar piscinas com mamíferos argelinos
4 - Evitar a todo o custo ser picado por agulhas;
5 - Abster-me de contactos íntimos com a fauna local.

Até à data, e já lá vão mais de 3 anos, só ainda tinha falhado com 1,5 destes tabus: no âmbito da medicina do trabalho, e principalmente para dar o exemplo aos outros, lá fiz umas análises ao sangue, onde obviamente tive de ser picado. O outro meio-tabu que não respeitei, foi a coisa da piscina, embora neste caso tenha desculpa, pois foi na Tunísia, e até hoje não posso confirmar se havia ou não nativos da Argélia no Hotel onde fiquei. (Outro dia tentei ir a um hotel com piscina neste pardieiro, mas fui expulso)

Dos outros três, cá me vou remediando: o meu corte de cabelo é homemade, com uma maquineta que trouxe de Portugal, e no que diz respeito a contactos íntimos, acredito no apuramento da raça, logo misturas de sangue com esta gente continua a estar fora de questão ;)

O pior deles é mesmo o dentista: já aqui andei algumas semanas com um dente partido, com umas constipações e voos pelo meio, o que é um cocktail de coisas que não cai muito bem.

Infelizmente, a minha ida a Portugal avizinha-se ainda bem longínqua, e com as dores que tinha andado na última semana, tive de me deixar de mariquices e lá fui ao dentista... Gostei tanto que amanhã volto lá; as minhas idas ao carniceiro hão-de merecer um post à parte, dada o surrealismo da coisa...

(E com a linda imagem da minha boca aberta, regresso ao mundo dos vivos, após uma ausência prolongada, que meteu férias, algum trabalho, a silly season da Argélia, aka Ramadão, o 3º aniversário da minha vinda para a Argélia, mas sobretudo muita falta de vontade de escrever)

5 comentários:

Martin disse...

Bom dia lei com muita atenção o seu blog sobre sua experiencia em Argélia, acontece que a empresa minha a decidido enviar-me emismat para Alger, Oran o Constantine ainda não sabem bem onde vamos ficar? Qual das três cidades e a mais interessante para viver e trabalhar? O certo e que me permito escrever-lhe para ter alguma informação mais detalhada da Argélia, gostava de saber preço de aluguer dos apartamentos, si e fácil alugar um terreno com uma nave para fazer nosso depósito? Si e complicado montar uma SARL sendo a empresa portuguesa? Como esta a segurança lá? Porque em um princípio vou a estar sozinho, a muitos portugueses lá? Agradecendo desde já por a moléstia se despede Martin Orduña também tenho um blog http://gruassoima.blogspot.com/

Martin disse...

ola Rui aqui estoi em argel não se si voce esta por aqui?

Alfredos & Osvaldos disse...

Ótimo o seu blog e parabéns! Me mantenha atualizado dos seus posts...
Abraço

Twitter: @maskaradu

Um brasileiro disse...

ola. tudo blz? estive aqui dando uma espiada. interessante. apareça por la. abraços.

anareis disse...

uerida(o) amiga(o). Estou fazendo uma Campanha de doações pra ajudar os jovens rapazes que estão internados no Centro de Recuperação de Dependentes Químicos onde meu filho está interno também.Lá tem jovens que chegam só com a roupa do corpo,abandonados pela família. Eles precisam de tudo:roupas masculinas,calçados,sabonetes,toalhas,pasta de dentes,escovas de dentes,de um freezer, Roupas de cama,alimentos. O centro de recuperação sobrevive de doações,são mais de 300 homens internos.Eles merecem uma chance. Quem puder me ajudar pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agência 1257-2 Conta 32882-0